Doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Educação em Ciências

86

Realizaram-se no dia 13 de setembro de 2018, às 14h30, as Provas de Doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Educação em Ciências, requeridas pela Mestre Rosana Cardoso Barreto Almassy, tendo como orientador o investigador do CIEC Paulo Idalino Balça Varela. O júri foi presidido pela Doutora Laurinda Sousa Ferreira Leite, tendo estado presentes os seguintes vogais: a Doutora Maria Helena Ribeiro dos Santos Silva, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; a Doutora Clara Maria da Silva de Vasconcelos, da Universidade do Porto; o Doutor Francisco Alberto Marques Borges, da Universidade do Minho e o Doutor Paulo Idalino Balça Varela, da Universidade do Minho. No final, o júri deliberou, por unanimidade, aprovar a candidata, atribuindo-lhe a menção de “Bom”.

87Título da Tese: ENSINO DE CIÊNCIAS NO RECÔNCAVO DA BAHIA – BRASIL: Estágio curricular na formação de professores para os anos finais no Ensino Fundamental”

Resumo: No Brasil, o estágio curricular na formação inicial de professores concede aos estudantes a oportunidade de conhecerem os desafios da prática profissional, as condições de trabalho futuro e as possibilidades de aprender sobre a docência no seu efetivo exercício, sob a mediação e supervisão de formadores (professores universitários), de co-formadores (professores das escolas da Educação Básica) e de instituições responsáveis por prover a formação de professores. Durante o estágio curricular, os estudantes devem ser capazes de indagar a sua própria prática, refletir sobre as suas lacunas formativas e promover inovações no ensino. Nestas circunstâncias, este estudo teve como objetivo geral averiguar as necessidades formativas e as concepções inerentes a docência dos estagiários do curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), para o ensino de Ciências Naturais nos anos finais do Ensino Fundamental, bem como avaliar o efeito de ações formativas no campo do estágio, no referido curso, frente aos conhecimentos e competências adquiridas pelos estagiários, face ao diagnóstico realizado. Para tanto, adotou-se uma abordagem metodológica de investigação-ação que, sob a ancoragem da pesquisa qualitativa, envolveu uma turma de 24 estudantes estagiários da Licenciatura em Biologia. A investigação iniciou-se com a realização de um diagnóstico por via de entrevistas semiestruturadas, para percepção dos conhecimentos prévios dos estagiários, acerca das suas concepções sobre as ações a realizarem no primeiro estágio de regência, em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Foi possível então perceber que os estagiários apresentaram um nível de conhecimento frágil sobre os saberes pedagógicos, além de uma compreensão insuficiente sobre o planejamento e o ensino de Ciências Naturais, bem como, uma necessidade dos professores formadores da universidade articularem-se com os professores regentes das escolas básicas, no sentido de proporcionarem a segurança e a formação desejáveis para a atuação dos estagiários em seu futuro lócus de trabalho. O processo investigativo envolveu também a realização de quatro oficinas formativas sobre temas ligados à docência, orientadas pela professora investigadora e pelos próprios estagiários. Estas oficinas adquiriram formatos diversificados e pautadas no compromisso com a formação interpares, visando a diminuição da insegurança dos estagiários e a apropriação de formas inovadoras de ensinar, com o propósito de superar as práticas tradicionalmente conhecidas no ensino de Ciências Naturais. Assim sendo, após as oficinas formativas e o contato com a escola, por meio das observações in loco, os estagiários foram avaliados pela investigadora de modo a averiguar se ocorreram mudanças na forma como concebiam o planejamento de suas aulas, assim como, se adotaram estratégias de natureza investigativa e reflexiva na assunção do estágio de regência. Como resultado do que fora observado e registrado pela investigadora, no período de regência, os estagiários revelaram dificuldades para ensinar Ciências Naturais aos alunos do nível Fundamental, devido à falta de um arcabouço teórico, que deveria ser construído pelos estagiários desde o início do seu curso de graduação na universidade. Perante esta lacuna formativa, foram levados a reproduzir certas práticas enquadradas como tradicionais no âmbito da docência. Contudo, o envolvimento dos estagiários nesta investigação teve um efeito muito positivo no aumento da sua confiança, em prol da inovação no ensino durante seu processo formativo. Ainda assim, a análise de conteúdo, concebida a partir das entrevistas, dos registros das observações realizadas pela investigadora no seu diário de campo, e do processo de observação dos estagiários no campo do estágio, permitiu compreender que esses futuros professores possuem lacunas substanciais na sua formação epistemológica, cujas dificuldades se expressam na teoria/prática, na articulação dos saberes técnicos/científicos e dos saberes didáticos/pedagógicos que favorecem o ensino das Ciências Naturais. Vê-se, portanto, que urge a reflexão dos professores formadores acerca do modelo formativo que aludem para orientar os futuros professores que atuarão na Educação Básica, no sentido de efetivarem as mudanças nas práticas pedagógicas, mediante a adoção da pesquisa e da inovação didática, como princípios estruturantes ao processo de ensino e aprendizagem, com significado para o professor e para os alunos do Ensino Fundamental. Além disso, acredita-se que essa mudança perpassa pela atualização do currículo e pela necessidade de ações institucionais no âmbito do curso em questão, que forneçam condições de operacionalização das mudanças propostas, respeitando as especificidades dos sujeitos e seus domínios cognitivos diversos.

Anúncios

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s