Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Sociologia da Infância

76

Realizaram-se no dia 12 de junho de 2018, às 14h30, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Sociologia da Infância, requeridas pela Mestre Maria Manuela de Sampaio Pinto Silva, tendo como orientador o investigador do CIEC Manuel Jacinto Sarmento. O júri foi presidido pela Doutora Isabel Flávia Gonçalves Fernandes Ferreira Vieira, tendo estado presentes os seguintes vogais: Doutor Manuel José Jacinto Sarmento Pereira, Professor Associado com Agregação do Instituto de Educação da Universidade do Minho (Orientador); o Doutor Rui Eduardo Trindade Fernandes, Professor Auxiliar da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; a Doutora Maria da Assunção da Cunha Folque Mendonça, Professora Auxiliar da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora; a Doutora Natália Fernandes, Professora Auxiliar do Instituto de Educação da Universidade do Minho; a Doutora Maria Emília Pinto Vilarinho Rodrigues Barros Zão, Professora Auxiliar do Instituto de Educação da Universidade do Minho e a Doutora Patrícia Oliveira de Freitas, Professora Associada do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. No final, o júri deliberou, por unanimidade, aprovar a candidata atribuindo-lho, a menção de “Bom com distinção”.

 

Título da Tese: “E de dentro do circo saiu um passarhomem, metade homem e metade pássaro”. As Culturas Infantis no Jardim de Infância.

74Resumo: O presente estudo focaliza-se nas culturas infantis e na sua articulação com os direitos de ser criança por direito próprio, ator social e cidadã, a partir de contributos socioantropológicos e da psicologia cultural, desvelando-se num vaivém entre a sociologia da infância e a pedagogia. Através de uma narrativa interpretativa na perspetiva etnográfica, circunscrevemos o estudo de caso a um jardim de infância, onde, de modo holístico e pelo reconhecimento dos artefactos criados pelas crianças como reveladores de culturas infantis, escrutinamos modos e oportunidades das crianças serem atores sociais e participarem na coconstrução do seu currículo. Recorrendo a metodologias visuais e de análise de conteúdo, debruçamo-nos sobre as interações e produções das crianças, em forma de registo gráfico, audio, fotográfico e vídeo, resultado da sua atividade autónoma, a pares ou de grupo, num jardim de infância da rede pública, comprometido com os pressupostos pedagógicos do Movimento da Escola Moderna Portuguesa. Dar visibilidade aos saberes das crianças, assunto pouco aceite numa perspetiva de educação adultocêntrica de ensino-aprendizagem, de adultos para crianças, neste contexto, revela-se plasmado nos resultados dos seus projetos e deles se infere conhecimento sobre a infância e sobre os processos de construção das culturas infantis.

Anúncios

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s