Doutoramento em Estudos da Criança, na especialidade de Saúde Infantil

30

Realizaram-se no dia 22 de setembro, às 14h30, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, na especialidade de Saúde Infantil requeridas pela Mestre Maria Margarida Duarte Vieira, tendo como orientadora a investigadora do CIEC Maria da Graça Ferreira Simões de Carvalho. O júri foi presidido pela Doutora Laurinda Sousa Ferreira Leite, tendo estado presentes os seguintes vogais: Doutora Maria da Graça Ferreira Simões de Carvalho, da Universidade do Minho; Doutora Maria Teresa Machado Vilaça, Professora Auxiliar do Instituto de Educação da Universidade do Minho; Doutora Zélia Ferreira Caçador Anastácio, da Universidade do Minho; Doutora Rosa Branca Tracana Pereira, da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto; Doutora Emily Darlington, Université Jean Monnet, Saint Etienne, França; Doutora Ana Claudia Bortolozzi Maia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil. No final, o júri deliberou, por unanimidade, aprovar a candidata atribuindo-lho a menção de “Muito Bom”.

Título da Tese: “Planning Health in School: building a healthy eating and active lifestyle educational model”

Resumo: Esta investigação teve como objetivo principal criar um modelo educativo para a promoção da saúde, denominado programa “Planear Saúde na Escola” (PSE), e avaliar os seus efeitos em crianças do 6º ano de escolaridade. O PSE procurou desenvolver estratégias eficazes para diminuir a prevalência da obesidade infantil e contribuir para o desenvolvimento de programas de prevenção em Portugal. Este programa foi desenvolvido com base no Modelo Transteórico de Mudança de Comportamento e integrou oito módulos educativos para orientar as crianças na adoção de hábitos alimentares saudáveis e um estilo de vida ativa. Na avaliação do PSE estabeleceram-se cinco objetivos específicos: 1) avaliação da eficácia sobre o estado nutricional das crianças, seus hábitos alimentares, atividade física e conhecimentos sobre alimentação; 2) avaliação das alterações ocorridas no comportamento alimentar ao longo dos módulos educativos; 3) avaliação dos efeitos a longo-prazo em dois gémeos obesos; 4) avaliação dos custos de implementação do programa; 5) avaliação do processo de implementação pelas perspetivas dos participantes. Métodos: Para avaliar a eficácia do PSE realizou-se um estudo baseado no modelo préteste/ pós-teste com grupo de controlo não aleatório. Participaram 449 crianças das quatro escolas EB 2/3 de um Município Português, distribuídas em dois grupos: grupo de intervenção (GI) e grupo de controlo (GC). A implementação do PSE realizou-se no GI. Os parâmetros antropométricos, os hábitos alimentares, a atividade física e os conhecimentos sobre alimentação foram obtidos antes e depois do PSE. As alterações no comportamento alimentar das crianças ao longo do PSE foram avaliadas através de um estudo de séries temporais com a aplicação de diários alimentares. Também foram analisadas as atitudes, as preferências e as expectativas sobre a alimentação saudável com atividades participativas. O impacto do PSE nos gémeos obesos foi avaliado em três momentos (antes do PSE, no pós PSE e doze meses depois) analisando: o estado nutricional por avaliação antropométrica e os dados do comportamento alimentar e da atividade física, através de diários alimentares e questionários. A avaliação dos custos do PSE, foi realizada com uma análise económica convencional e os resultados comparados com os custos diretos do tratamento da obesidade em Portugal. Para avaliar a implementação do programa, recolheram-se as perspetivas dos participantes através de questionários, por um grupo focal e uma análise SWOT. Resultados: O PSE mostrou-se eficaz na melhoria das medidas antropométricas das crianças e dos seus comportamentos. O GI apresentou uma redução significativa no perímetro da cintura, na razão cintura-estatura, acompanhadas por um aumento significativo da estatura, comparativamente com o GC. Também a ingestão diária de fruta e vegetais aumentou significativamente e o consumo de refrigerantes diminui no GI comparativamente com o GC. O tempo dedicado à atividade física aumentou significativamente no GI, enquanto no GC diminuiu significativamente. Encontraram-se alterações substanciais nos comportamentos alimentares durante os módulos educativos, apoiadas por novas atitudes e expectativas das crianças; observou-se um consumo significativamente superior de sopa de legumes, produtos lácteos e fruta, enquanto o consumo de produtos de elevada densidade energética e refrigerantes diminuíram significativamente. Não houve efeitos positivos no consumo de fritos, água, produtos 29hortícolas e pão.

O estudo dos gémeos considerados obesos (Cole,2000) antes do PSE, mostrou melhorias nas atitudes, comportamentos e parâmetros antropométricos no pós PSE; o rapaz manteve-se na categoria de obeso, a rapariga passou da categoria de obesa para excesso de peso. Doze meses depois, os parâmetros antropométricos dos gémeos sofreram um ligeiro aumento, mas não voltaram a valores próximos dos registados antes do PSE e a gémea continuou na categoria excesso de peso. Portanto, o PSE promoveu alterações positivas nos gémeos e o efeito prolongou-se até um ano depois do seu término. Sobre os custos do PSE, a análise custo-beneficio sugere ser um programa económico e um investimento para prevenir a obesidade infantil. O custo estimado de 36.14€/criança por ano escolar, um valor muito reduzido relativamente a tratar um adulto obeso em Portugal (3849.15€/ano; Ribeiro 2010). Além disso, ao implementar o programa a uma população maior, o efeito de escala permite baixar os custos para 18.18€/criança, tornando-se ainda mais viável. A intervenção obteve boa aceitação e adesão quanto aos componentes educacionais e alcançou um índice elevado de participação. Os professores validaram as perspetivas das crianças sobre o PSE e mostraram-se entusiasmados quanto à sua ampliação a outros anos letivos.

 

 

Anúncios

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s