Doutoramento em Estudos da Criança, na especialidade de Matemática Elementar

50Realizaram-se no dia 16 de junho de 2016, às 14h, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, na especialidade de Matemática Elementar, requeridas por Pedro Cardoso Silva, tendo como orientador o investigador do CIEC Pedro Manuel Baptista Palhares. O júri foi presidido pela Doutora Laurinda Sousa Ferreira Leite, tendo estado presentes os seguintes vogais:  o Doutor Pedro Manuel Baptista Palhares, da Universidade do Minho; a Doutora Isabel Maria Cabrita dos Reis Pires Pereira, da Universidade de Aveiro; a Doutora Ema Paula Botelho da Costa Mamede, da Universidade do Minho; o Doutor Floriano Augusto Veiga Viseu, da Universidade do Minho; o Doutor Ricardo Emanuel Cunha Teixeira, da Universidade dos Açores. No final, o candidato foi aprovado, por unanimidade, com a menção de “Bom com Distinção”.

Título da Tese: “Estudo sobre a aplicação das orientações curriculares nos eventos de educação matemática em jardim de infância, no ensino do número em Angola, e suas consequências na aprendizagem das crianças dos 5 aos 6 anos de idade”

Resumo: Este estudo centra-se nos eventos de educação matemática no jardim de infância e procura compreender as consequências da aplicação das orientações curriculares no jardim de infância, no que diz respeito à aprendizagem do número pelas crianças dos 5 aos 6 anos de idade em Angola. Particularmente, pretendia-se investigar os resultados visíveis no comportamento das crianças em relação a apropriação de conhecimentos e procedimentos que lhes permitam desenvolver a numeracia. As crianças selecionadas para o estudo algumas foram acompanhadas na primeira etapa e outras numa segunda etapa. Na primeira etapa foram trinta e cinco dias de observação direta dos eventos e na segunda etapa vinte e cinco dias, foram também entrevistados alguns dos pais ou mães (num caso avó) das crianças bem como as educadoras, e vigilantes e a diretora desse centro infantil. É uma investigação de tipo qualitativa e interpretativa e insere-se no design de estudo de caso. Privilegiou-se uma recolha de dados com base em recolha documental, observações, entrevistas, prova pedagógica e ação de formação. O pesquisador assumiu também em algum momento o papel de formador das educadoras de infância e vigilantes. A análise dos dados revelou os pontos positivos e os pontos negativos existentes na interação diária dos adultos com as crianças e a necessidade de uma ação conjunta dos componentes desse processo com vista a melhoria. A investigação colocou em destaque e sugere a incorporação da prática da sequência numérica verbal livre no programa de representação matemática do pré-escolar e a prática constante da contagem e manipulação de objetos. A direção do centro infantil, as educadoras e vigilantes foram despertadas em relação às inovações que se impõem e a necessidade da sua formação contínua. Sugere-se a partir daqui um programa de formação contínua do tipo de proximidade.

51

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s