Doutoramento em Ciências da Educação, Especialidade de Educação Matemática

34

Realizaram-se, no dia 16 de fevereiro, às 11h, as Provas de Doutoramento em Ciências da Educação, Especialidade de Educação Matemática, requeridas pela Mestre Florbela de Almeida Correia Soutinho, tendo como orientadora a investigadora do CIEC Ema Paula Botelho da Costa Mamede. O júri foi presidido pelo Doutor José Augusto de Brito Pacheco, tendo estado presentes os seguintes vogais:  o Doutor João Filipe Lacerda Matos, da Universidade de Lisboa; o Doutor Pedro Manuel Baptista Palhares, da Universidade do Minho; a Doutora Maria Alexandra Oliveira Gomes, da Universidade do Minho; a Doutora Ema Paula Botelho da Costa Mamede, da Universidade do Minho; a Doutora Darlinda Maria Pacheco Moreira, da Universidade Aberta. No final, a candidata foi aprovada, por unanimidade, com a menção de “Muito Bom”.

Título da Tese: “A compreensão dos problemas de estrutura aditiva e estrutura multiplicativa por crianças do pré-escolar”

33Resumo: Na maioria das teorias, o raciocínio aditivo antecede o raciocínio multiplicativo. Desconhecem se, no entanto, estudos que comparem a interferência do raciocínio aditivo no raciocínio multiplicativo em crianças do pré-escolar. Durante muito tempo pensou-se que os problemas de estrutura multiplicativa só seriam resolvidos depois de dominados os de estrutura aditiva. Esta investigação pretende compreender a relação entre as duas estruturas de raciocínio em crianças do pré-escolar, tendo como objetivos perceber: 1) como é que elas raciocinam perante problemas de estrutura aditiva e estrutura multiplicativa; 2) como raciocinam quando lhes são apresentados alternadamente problemas de estrutura aditiva e multiplicativa; 3) se pode ser promovido o desenvolvimento destas estruturas de raciocínio; 4) se existe transferência de conhecimento de uma estrutura de raciocínio para outra; 5) os efeitos de uma intervenção centrada em determinada estrutura de raciocínio. O Estudo 1 pretende avaliar a compreensão que as crianças de 4, 5 e 6 anos (N=180) têm de problemas de estrutura aditiva e multiplicativa. Seguindo uma metodologia quantitativa, analisa os seus desempenhos, estratégias e argumentos. O Estudo 2 centra-se na promoção do desenvolvimento dos raciocínios aditivo e multiplicativo das crianças de 5 e 6 anos (N=36). Adotando uma metodologia mista, procura perceber: como entendem elas os problemas de estrutura aditiva e multiplicativa quando lhes são apresentados alternadamente, sujeitos portanto ao efeito de contaminação; se existe transferência de conhecimento na resolução destes problemas; quais os efeitos de uma intervenção centrada no desenvolvimento dos raciocínios aditivo e multiplicativo. Pretende, ainda, analisar o raciocínio das crianças durante a intervenção. Esta investigação sugere: a) que as crianças do pré-escolar resolvem com facilidade alguns problemas de estrutura aditiva e de estrutura multiplicativa, quer sejam apresentados em conjunto, estando sujeitos a contaminação, ou separadamente; b) que recorrem a estratégias corretas e conseguem refletir sobre a sua ação, argumentando as suas opções; c) que não foi demonstrada a transferência de conhecimentos na resolução de problemas de estrutura aditiva para a multiplicativa nem da multiplicativa para a aditiva, sustentando a ideia de que estas duas formas de raciocínio são distintas o suficiente para serem consideradas domínios conceptuais separados. Sugere-se assim que as crianças do pré-escolar não necessitam de dominar a adição e a subtração antes de começarem a construir um raciocínio multiplicativo.

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s