Doutoramento em Ciências da Educação, na especialidade de Psicologia da Educação

15Realizaram-se hoje, dia 27 de outubro, às 10h, as Provas de Doutoramento em Ciências da Educação, na especialidade de Psicologia da Educação, requeridas pela Mestre Lêda Duwe Leão Brasil, tendo como orientadores a investigadora do CIEC, Doutora Fernanda Leopoldina Parente Viana, e o Doutor Leandro da Silva Almeida. O júri foi presidido pelo Doutor José Augusto de Brito Pacheco, tendo estado presentes os seguintes vogais: a Doutora Orlanda Maria da Silva Rodrigues Cruz, da Universidade do Porto; a Doutora Fernanda Leopoldina Parente Viana, da Universidade do Minho; a Doutora Adelinda Maria Araújo Candeias, da Universidade de Évora; a Doutora Maria de Fátima Morais Silva, da Universidade do Minho; e a Doutora Isabel Maria Pereira Pinto, do Instituto Politécnico do Porto. No final, a candidata foi aprovada por unanimidade, com a menção de “Bom com Distinção”.

Título da Tese: “A estimulação cognitiva através da aprendizagem mediada: uma proposta de promoção das habilidades cognitivas em crianças de meio social desfavorecido”

16Resumo: Partindo de dois referenciais teóricos da inteligência, psicométrico e cognitivo, esta tese centra-se no conceito de modificabilidade cognitiva e nos programas de estimulação (treino) cognitiva. Em particular é feita uma descrição detalhada do Programa de Enriquecimento Instrumental-PEI (Feuerstein et al.,1980), nomeadamente alguns conceitos centrais à sua fundamentação e implementação, por exemplo a experiência de aprendizagem mediada, o mapa cognitivo e a modificação cognitiva estrutural, pois que foi o programa considerado no nosso estudo empírico. Em termos empíricos procedemos à aplicação do PEI (tarefa de organização de pontos) junto de um grupo de crianças de 10 a 13 anos, do 4º ano do ensino fundamental, provenientes de um meio sociocultural desfavorecido. Este grupo representava a globalidade de uma turma da escola escolhida (25 crianças), havendo uma outra turma similar da mesma escola que serviu de grupo de comparação (26 crianças). O plano experimental inclui uma avaliação de pré-teste e pós-teste com provas cognitivas e de leitura. Igualmente foi considerado o rendimento escolar das crianças, acrescentando-se no grupo experimental uma avaliação mais qualitativa assente nas funções cognitivas, atitudes e comportamentos das crianças ao longo da realização das atividades propostas no programa de estimulação cognitiva. Os resultados obtidos apontam para um efeito benéfico do programa quando comparamos as crianças do grupo experimental e de controlo no pós-teste em termos das habilidades cognitivas e numa das provas de leitura. Igualmente se observam melhorias nas suas funções cognitivas, atitudes e comportamentos de implicação na realização das tarefas ao longo do programa, registando-se uma melhoria do pré-teste para o pós-teste no rendimento académico, contudo esta melhoria ocorre igualmente no grupo de controlo. Estes resultados são discutidos à luz da investigação sobre os programas de treino cognitivo, e em particular do PEI, retirando-se ilações para a prática educativa e para a continuidade da investigação nesta área.

Anúncios

One thought on “Doutoramento em Ciências da Educação, na especialidade de Psicologia da Educação

  1. Parabéns pela conquista, eu sou fâ do trabalho do Feurestein e adoraria ler seu trabalho. Um forte abraço desde o Brasil e novamente parabéns a todos.

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s