Doutoramento em Estudos da Criança, Área do Conhecimento em Estudos da Língua Portuguesa

11

Realizaram-se no dia 19 de outubro 2015, às 15h30, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, Área do Conhecimento em Estudos da Língua Portuguesa, requeridas por Teresa Paula Pinto Antunes Pinhão, tendo como orientador o investigador do CIEC Rui Manuel do Nascimento Lima Ramos.  O júri foi presidido pelo Doutor José Augusto de Brito Pacheco, tendo estado presentes os seguintes vogais: o Doutor José António Brandão Soares Carvalho, da Universidade do Minho; a Doutora Maria de Lourdes da Trindade Dionísio, da Universidade do Minho; a Doutora Rosa Lídia Torre do Couto Coimbra e Silva, da Universidade de Aveiro; o Doutor Rui Manuel do Nascimento Lima Ramos, da Universidade do Minho; o Doutor Luís Filipe Tomás Barbeiro, do Instituto Politécnico de Leiria. No final, a candidata foi aprovada por maioria.

Título da Tese: “Géneros Textuais e Práticas de Sucesso no 1º Ciclo do Ensino Básico”

10Resumo: A presente investigação tem como objetivo estudar e compreender qual o conhecimento que os alunos do final do 1º Ciclo do Ensino Básico têm relativamente à estruturação/organização dos diferentes tipos textuais, assim como à familiarização com esquemas mentais associados à produção e receção/compreensão de textos. Procura-se implementar uma sequência didática sobre o tema e avaliar até que ponto esse exercício pode ser encarado como boa prática letiva. A metodologia adotada para a investigação realizada é a de investigação-ação, por nos parecer ser aquela que mais se adequa ao estudo no seu contexto e melhores frutos pode produzir. Neste sentido, há um envolvimento por parte da investigadora através da lecionação de unidades didáticas aos alunos envolvidos no estudo. O quadro teórico inclui estudos sobre tipologias de sequências textuais e sobre géneros de discurso, além de fundamentos sobre práticas letivas neste ciclo do ensino básico. A componente aplicada contempla uma análise dos programas escolares e de outros documentos orientadores do processo de ensino-aprendizagem, além da referida intervenção letiva, da recolha e da análise de resultados e respetiva reflexão. As conclusões apontam essencialmente para a grande vantagem de um ensino explícito
claro e coerente dos tipos textuais, como instrumento de conhecimento explícito do funcionamento da língua e dos discursos, propiciador de competência de leitura e de escrita de textos.

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s