“Permanece a visão da criança como capital humano para produzir”

100

A investigadora do CIEC Teresa Sarmento foi entrevistada pelo site EDUCARE.pt, “conversa” que serviu para o debate de inúmeros tópicos, entre eles o da visão crítica sobre as mais atuais políticas implantadas na pré-escola, que a investigadora  pôde sublinhar:

“Mais do que preparar para o futuro, no pré-escolar é preciso dar valor à criança em si mesma (…) Em muitos setores, a infância ainda é vista como uma fase necessária para se chegar a outra que ‘supostamente’ é mais importante.  Com as pressões sobre os jardins de infância e as educadoras, e analisando as políticas gerais e o pensamento dos nossos governantes, há muito essa ideia de que é necessário preparar as crianças para serem adultas. Ignora-se o valor da criança em si mesma. Permanece a visão da criança como capital humano para produzir, ligada às teorias e às práticas neoliberais. Por isso, é urgente olhar para a criança como um ser humano numa fase específica da vida. E até mudar conceitos, falar em educação de infância em vez de educação pré-escolar”.

Leia a entrevista na íntegra clicando aqui.

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s