Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Metodologia e Supervisão em Educação de Infância

47

 

Realizaram-se no dia 30 de julho, às 10h, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Metodologia e Supervisão em Educação de Infância, requeridas pela Mestre Cristina Maria Mesquita Gomes Pires, tendo com orientadora a Doutora Júlia de Fátima Domingues Bastos de Oliveira. O júri foi presidido pelo Doutor José Augusto Brito Pacheco, tendo estado presentes os seguintes vogais: Doutora Júlia de Fátima Domingues Bastos de Oliveira, da Universidade do Minho; Doutora Maria Cristina Cristo Parente, da Universidade do Minho; Doutora Maria de Fátima Cerqueira Martins Vieira, da Universidade do Minho; Doutora Sara de Barros Araújo, do Instituto Politécnico do Porto. No final, a candidata foi aprovada por unanimidade.

Título da Tese: “A voz da criança sobre a inovação pedagógica”

Resumo: O estudo que aqui se apresenta teve como foco investigacional a transformação praxiológica de uma instituição de educação de infância, utilizando a formação em contexto como estratégia de apoio ao desenvolvimento profissional das educadoras, no sentido de assumirem nas suas práticas uma pedagogia que reconhece e legitima as crianças como cidadãs de pleno direito, valorizando a sua competência participativa. A formação em contexto foi assumida numa perspetiva ecológica reconhecendo-se que existe uma interconexão entre o desenvolvimento profissional, o desenvolvimento curricular e o sistema de desenvolvimento organizacional. Neste estudo assume-se um conceito de pedagogia que integra a natureza holística das práticas profissionais. Esta abordagem afirma-se num conceito de práxis, enquanto intencionalidade prática para a mudança e num compromisso ético com a ação. Esta conceção salienta a ligação incontornável entre o modelo formativo e a perspetiva pedagógica. A práxis como foco da transformação implicou a leitura da realidade existente e a reconstrução do conhecimento praxiológico. O quadro de referência para a transformação praxiológica foi a pedagogia da infância, que valoriza a voz da criança, a sua competência participativa e a emergência de um currículo socialmente situado, dialogando concetualmente com a perspetiva da Pedagogia-em-Participação desenvolvida pela Associação Criança. Trata-se de um estudo de caso longitudinal enquadrado numa abordagem qualitativa de cariz construtivista que utiliza a investigação-acção como metodologia. Relaciona-se com o Projecto Effective Ear/y Learning [EEL] e utiliza esse referencial como gramática para avaliar a qualidade do contexto. A análise dos dados situou-se numa linha descritiva e interpretativa, procurando aceder às perspetivas e práticas assumidas, em diferentes momentos. Este foi um longo e complexo processo que teve efeitos positivos na transformação praxiológica e consequentemente na aprendizagem e participação das crianças. A reconcetualização da imagem da criança foi o elemento-chave no seu direito à participação e a motivação que apoiou as educadoras no seu esforço de mudança.

46

Anúncios

3 thoughts on “Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Metodologia e Supervisão em Educação de Infância

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s