Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Sociologia da Infância

27Realizaram-se hoje, dia 12 de abril às 14h30, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Sociologia da Infância, requeridas pela Mestre Maria das Dores Oliveira Rafael de Oliveira, tendo como orientador o Doutor Manuel José Jacinto Sarmento Pereira. O júri foi presidido pelo Doutor Carlos Alberto Vilar Estêvão, por despacho de específica delegação de competências, exarado pelo Reitor em oito de abril de dois mil e treze, tendo estado presentes os seguintes vogais: Doutor Manuel José Jacinto Sarmento Pereira, da Universidade do Minho; Doutora Maria Cristina Mendes da Ponte, Universidade Nova de Lisboa; Doutora Natália Fernandes, da Universidade do Minho; Doutor Jean Martin Marie Rabot, da Universidade do Minho; Doutora Maria Emília Pinto Vilarinho Rodrigues Barros Zão, da Universidade do Minho;  e a Doutora Ana Catarina Martins Correia Santos, do Instituto de Ciências Empresariais e do Turismo. No final, a candidata foi aprovada por unanimidade.

 

Título da Tese: “A Criança face à Publicidade e ao Marketing”

Resumo: A publicidade e o marketing são fenómenos a registar na construção da infância. Nas práticas de consumo das crianças concretiza-se uma boa parte do processo de socialização do indivíduo, vivido de forma autónomo pelos média e grupo de pares, para além da família e da escola. A tese a criança face à publicidade e ao marketing sustenta-se teoricamente na Sociologia da Infância para identificar as práticas de consumo no cotidiano das, crianças, procurando assinalar contextos sociais distintos. Através de uma investigação de natureza qualitativa com a realização de focus group com crianças com idades compreendidas entre os 7 e os 12 anos de idade de diferentes contextos sociogeográficos: urbano, industrial e rural, estabelecem-se rotas de acesso ao conhecimento sobre o que as crianças pensam sobre a publicidade. Como complemento, busca-se o método quantitativo que possibilita realizar inferências de livros de registos de compras reais ou virtuais. Os principais eixos de análise desta investigação inserem-se na problemática da criança e a publicidade, da criança e o consumo e da criança e a marca. Este estudo permite-nos concluir que as crianças são atores sociais fortemente influenciáveis pela sociedade de consumo própria da globalização hegemónica, porém detêm uma atitude seletiva e crítica perante o mercado da publicidade e das marcas, manifestando-se, simultaneamente, uma diferença de comportamento de consumo em função do género, da classe social e do contexto sociogeográfico de residência

 

26

Advertisements

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s