Retrospectiva 2012: Doutoramentos do CIEC

O segundo doutoramento defendido em 2012 foi o de Elza Mesquita:

3

 

Formação de Professores e Docência Integrada: um Estudo de Caso no âmbito dos Programas Nacionais de Formação Contínua4
Data / Date : 10-02-2012
Autor / Author : Elza da Conceição Mesquita
Instituição / Institution : Universidade do Minho
Curso / Course : Doutoramento em Estudos da Criança, Formação de Professores
Orientador / Supervisor : João Manuel Formosinho Sanches Simões
Mais informações / More info    |    Repositorium

Resumo: O objeto de estudo da presente dissertação de doutoramento refere-se à prática de ensino integrado e às relações que se estabelecem entre sujeitos, nomeadamente, professores no exercício da profissão (mas com uma colocação administrativa) e formadores e coordenadores dos Programas de Formação Contínua, uma vez que se procura compreender o significado do trabalho docente e da formação numa perspetiva de ensino integrado e cooperado. A questão de partida foi: em que medida os Programas Nacionais de Formação Contínua promovem a colaboração entre professores do 1.o Ciclo do Ensino Básico e a prática de um ensino integrado? Perante este problema, outras questões se afiguraram pertinentes para a orientação, conjugação e análise dos dados recolhidos através de entrevista e que nos coadjuvaram no processo de categorização dos mesmos. Detetado o problema e as questões que lhe estão associadas, o estudo, norteou-se pelos seguintes objetivos: (i) Identificar práticas pedagógicas adotadas pelos professores do 10 ciclo do Ensino Básico; (ii) Identificar dissonâncias, consonâncias e ressonâncias da pedagogia transmissiva e da pedagogia da participação e os seus impactos nas práticas pedagógicas integradas; (iii) Reconhecer os significados da formação e os seus contributos para a mudança das práticas e para a (re)criação de uma cultura de colaboração; e (iv) Compreender como é que as experiências práticas, individuais e em grupo, são interpretadas pelos formadores e pelos professores que optam por formações de carácter disciplinar e integrantes de programas nacionais. Optando por uma metodologia de carácter qualitativo e uma estratégia de pesquisa suportada no Estudo de Caso, realizamos entrevistas semi-estruturadas, posteriormente sujeitas a uma análise de conteúdo. No processo de análise emergiram aspetos que consideramos relevantes no âmbito deste estudo e que nos ajudaram a perceber a praxis dos docentes colaboradores. Os resultados emergentes do discurso dos colaboradores entrevistados apontam para uma parca formação (inicial e contínua) relativamente à prática de um ensino integrado e participado, salientando que a compartimentação disciplinar é fator constrangedor. Apesar da retórica da necessidade de redefinição no trabalho do professor, nomeadamente na autorreflexão das práticas, na partilha dessas práticas com os seus pares e no desenvolvimento profissional ao longo da vida, o trabalho de cooperação incide sobretudo na partilha a dois. A análise dos discursos também atesta a hipótese das práticas pedagógicas tenderem mais para uma pedagogia transmissiva do que para uma pedagogia da participação.

Anúncios

Deixar um comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s