Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Educação Musical


Realizou-se no último dia 19 de janeiro às 14:30 horas, as Provas de Doutoramento em Estudos da Criança, especialidade de Educação Musical, requeridas pela Mestre Sandra Isabel Pires Barroso, tendo como orientadora a  Doutora Elisa Maria Maia da Silva Lessa . O júri foi presidido pelo Doutor Leandro da Silva Almeida tendo estado presentes os seguintes vogais: Doutora Elisa Maria Maia da Silva Lessa, da Universidade do Minho; Doutora Maria Adriana de Marques Fernandes Latino, da Universidade Nova de Lisboa; Doutora Maria Helena Gonçalves Leal Vieira, da Universidade do Minho; e a Doutora Maria José Conde Artiaga Barreiros do Instituto Politécnico de Lisboa. No final, a candidata foi aprovada por unanimidade.

Título da Tese: “O conto musical narrado na história da literatura musical portuguesa para a infância [1959-2009]: estudo das relações entre texto literário e musical”

Resumo: Nos últimos anos o repertório musical para a infância tem sido alvo do interesse de investigadores, agentes culturais, compositores e músicos de diferentes áreas. O presente trabalho de investigação insere-se nesse contexto através do estudo de um género musical dirigido ao público infantil, o conto musical narrado, que tem a sua história circunscrita aos séculos XX e XXI. O primeiro exemplo conhecido pertence ao compositor Sergei Prokofiev, que escreve O Pedro e o Lobo, música e conto, em 1936. Em Portugal surge apenas em 1959 com a obra de Fernando Lopes- Graça A Menina do Mar, a partir de conto homónimo de Sophia de Mello Breyner Andresen. Vários compositores experimentaram este género musical em todo o mundo e particularmente em Portugal. Não existindo ainda um trabalho de investigação em tomo deste género musical, é nosso propósito traçar a sua história especialmente em Portugal de 1959 a 2009, a partir de um estudo histórico e conceptual e da caracterização musical e contextual de uma seleção de obras de compositores portugueses. Procuraremos analisar e apresentar a abordagem de cada compositor à relação entre música e texto e a proximidade ou afastamento relativamente ao primeiro exemplo amplamente divulgado, o de Prokofiev. Pretendemos assim produzir conhecimento novo na área do repertório musical para a infância, em particular do género conto musical narrado, através de um estudo aprofundado com um enfoque especial na obra de compositores portugueses.

Advertisements